Fim da diabetes? O que os especialistas tem a dizer?

Seria o fim da diabetes?

Você que chegou nesta página, pare tudo que está fazendo e leia com bastante atenção as informações abaixo, sua vida vai mudar a partir de hoje com o fim da diabetes!

Segundo o médico Patrick Rocha, é possível viver uma vida plena sem as preocupações típicas que os diabéticos têm, como controle exagerado de açúcar, injeções de insulina diárias, amputações, comidas sem graças…enfim.

Durante muito tempo, em meio aos meus atendimentos médicos notei que o tratamento convencional para diabéticos não surtia efeito, meus pacientes precisavam tomar cada vez mais e mais remédios, restringir a alimentação e ainda assim continuavam a sofrer as terríveis consequências da diabetes, como cegueira, mal de Alzheimer, insuficiência renal, amputações, chegando até mesmo a morte! – Dr Rocha.

Afinal quem é o Médico por trás do Programa Diabetes Controlada?

Patrick Rocha é um médico do estado do Ceará (CRM-CE 8561) que vem se tornando cada vez mais conhecido devido ao seu polêmico Programa Diabetes Controlada. Ele atualmente está no posto de presidente do Instituto Nacional de Estudos da Obesidade e Doenças Crônicas (INEODOC).

Depois de anos de estudos nas maiores Universidades do Mundo, como MIT, Oxford e Harvard, Dr Rocha percebeu um padrão de tratamento no qual era possível aplicar de forma extremamente eficaz, barata e sem risco a saúde de seus pacientes. E o mais curioso é que se tratava de um método tão simples de seguir que o próprio Dr Rocha não acreditava que há anos e anos essas informações simplesmente não eram divulgadas na grande mídia ou programas de governo.

Dr Rocha no Domingo Espetacular (Record)

Aqui está uma matéria publicada pela rede Record no seu programa Domingo Espetacular. A matéria mostra pessoas que estão praticamente se curando da diabetes com o auxílio do Dr Rocha.

Aqui é possível conferir outras histórias emocionantes de pessoas que estão revertendo a diabetes

Entre para o Programa Diabetes Controlada ainda hoje!

10 Comments

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *